Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Publicidade:

Publicidade

Publicidade

Publicidade:

Publicidade:

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Donos da JBS dizem ter gravação de Temer dando aval a propina para silenciar Cunha

Os donos da empresa JBS, Joesley Batista e o seu irmão Wesley Batista, disseram ter gravado uma conversa na qual o presidente Michel Temer teria dado aval a propina para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). As informações foram reveladas pelo jornal O Globo.
A gravação, feita por Joesley em março com um gravador guardado no bolso do paletó, foi citada na declaração que os controladores da JBS deram à Procuradoria-Geral da República em abril durante o processo para firmar acordo de delação premiada.
Segundo o jornal, Temer teria sido gravado em conversa com Joesley indicando o deputado Rocha Loures (PMDB-PR) como o interlocutor para resolver um assunto da J&F, controladora da JBS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RCD VÍDEOS:



Clique AQUI e acesse nosso canal no You Tube!